Noticias

Índia – Início da Visita Extraordinária do Conselheiro para a Região Ásia Sul à Inspetoria INB

ler mais

México – Do diálogo com as autoridades nascem frutos para as comunidades mais necessitadas

ler mais

RMG – Preparativos para a 153ª Expedição Missionária Salesiana

ler mais

RMG – Viver a mudança como oportunidade para melhorar: rumo ao "SDB Change Congress"


04 Agosto 2022 22:00 | Por admin

(ANS – Roma) – Falta menos de um mês e meio para a abertura do evento “SDB Change Congress” (Roma, 19-23 de setembro de 2022), compromisso fortemente desejado pelo Ecônomo Geral da Congregação Salesiana para “reforçar a capacidade de networking no campo econômico por meio da promoção da conexão e partilha entre os Ecônomos”. O rico e variado público de oradores e especialistas convidados garante uma oportunidade de formação de alto nível, capaz de conduzir toda a Congregação para uma economia sustentável e compreender um mundo cada vez mais complexo, no qual os Filhos de Dom Bosco devem ser capazes de continuar a acompanhar os jovens.

A procura pelo SDB Change foi alta e as vagas disponíveis já esgotaram. Os Ecônomos Inspetoriais, os Responsáveis pelos Escritórios de Planejamento e Desenvolvimento (DOP) das Procuradorias Missionárias, as ONGs salesianas e os organismos internacionais e o terceiro setor – isto é, os destinatários privilegiados do congresso – aderiram em massa à proposta, e durante o congresso, além de receber uma formação valiosa sobre temas de grande atualidade, eles também serão desafiados a criar redes colaborativas, pois toda a Congregação precisa se preparar para o futuro.

O objetivo final do “SDB Change Congress”, de fato, é conceber e vivenciar a mudança como uma oportunidade de melhoria. Em particular, o evento criado pelo Sr. Jean Paul Muller SDB, Tesoureiro Geral da Congregação, juntamente com seus colaboradores, foca nas cinco macroáreas de interesse, a fim de fornecer soluções e diretrizes para uma melhor abordagem das mudanças sociais, econômicas e ambientais que o mundo apresenta. São eles, em detalhe: Economia Sustentável, Espiritualidade e Liderança Salesiana, Inteligência Artificial, Comunicação do Futuro e Prevenção da Corrupção.

Se a realização efetiva do evento ocorrer em Roma, conforme explicado pelo Sr. Muller, “muitas coisas já estão ocorrendo, porque os cinco temas foram levados a sério em muitas Inspetorias. E depois do Congresso continuaremos a aperfeiçoar os temas até o próximo Capítulo Geral, a fim de melhorar a qualidade do nosso trabalho pelos jovens”.

Nas redes sociais, as atividades já começaram há meses, com estímulos e contribuições interessantes sobre diversos temas, disponibilizados pelos vários palestrantes e convidados que falarão no evento.

“Estamos dando respostas que não são mais convincentes para perguntas que ninguém mais faz” é a provocação dirigida por Annette Schavan, ex-Ministra de Educação e da Pesquisa alemã e embaixadora alemã junto à Santa Sé, que será chamada para falar sobre o tema da liderança salesiana em tempos de mudança.

Ángel Gudiña, Diretor de Relações Corporativas de “Misiones Salesianas”, a Procuradoria Missionária de Madri, observa: “Gostemos ou não da palavra, a Congregação Salesiana é uma multinacional de Educação e Pastoral Juvenil. Somos muito bons nisso. Todavia, para mantermos a nossa ‘competitividade’ precisamos atualizar as nossas estruturas e as nossas relações interpessoais, trazendo-as para o século 21, para poder continuar alcançando os jovens mais vulneráveis. É preciso fazer tudo isso sem jogar fora nossa espiritualidade e o Carisma Salesiano”.

“Em meio a um excesso de informação desanimador, na incômoda posição de alvos constantes de habilidosos estrategistas da desinformação, nunca, como hoje, foi preciso escolher qual jornalismo consumir para poder ler o mundo”, disse Pietro Saccò, jornalista de Avvenire e professor de jornalismo da Universidade Pontifícia Salesiana, que falará sobre economia e mídia.

“Diante da globalização da indiferença e da cultura do descartável, destaca-se a urgência de uma alternativa que seja verdadeiramente humana. No plano econômico, a partir do ensinamento social do Papa Francisco, tal perspectiva se traduz na proposta de ‘uma economia com rosto humano’ orientada preferencialmente para o menor e a promoção da ecologia integral”, diz o economista salesiano P. Renato Tarcizio de M. Rocha, que falará sobre Economia Sustentável.

“Vocês talvez estejam se perguntando: a mudança é realmente relevante para nós? Pois bem, a mudança ocorrerá de qualquer maneira e colocará à prova os jovens que os salesianos cuidam, por isso os salesianos precisam encontrar respostas para eles”, sintetiza, Janko Jochimsen, advogado e consultor, colaborador de longa data dos salesianos.

Para conhecer os outros participantes do SDB Change Congress e ficar a par de todas as novidades, visite o site do congresso e siga as redes sociais do evento: FacebookInstagram e YouTube.